Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Blog It

Blog It

Doentes já podem marcar consultas online

blog it, 11.01.10

A marcação de consultas médicas online foi oficialmente alargada a todos os centros de saúde do país, após uma fase experimental nas administrações regionais de saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo e do Centro, durante o ano passado, divulga hoje o jornal "Público". Mas só a partir de hoje estará a funcionar normalmente e será acessível a todas as pessoas inscritas no Serviço Nacional de Saúde (SNS), porque nos dois primeiros dias surgiram dificuldades técnicas. Designado como eAgenda, este novo serviço permite também aos doentes crónicos pedir a renovação das receitas médicas através da Internet, para além de possibilitar o agendamento de consultas por esta via a qualquer cidadão inscrito no SNS, através do endereço https://servicos.portaldasaude.pt/

Serviço electrónico europeu de portagem para breve

blog it, 06.10.09

A Comissão Europeia (CE) adoptou hoje uma decisão que estabelece as especificações e requisitos técnicos essenciais necessários ao lançamento de um serviço electrónico europeu de portagem (SEEP), o qual permitirá que os utilizadores da estrada efectuem facilmente o pagamento das portagens em todo o território da União Europeia (UE), graças à celebração de um só contrato de adesão com um fornecedor de serviços e a um único equipamento de bordo. O SEEP estará disponível em todas as infra estruturas da Comunidade, nomeadamente nas auto-estradas, túneis e pontes, em que o pagamento das portagens poderá ser efectuado utilizando equipamento de bordo. Na prática, o SEEP limitará as transacções em dinheiro nas portagens, melhorando assim a fluidez do tráfego e reduzindo o congestionamento.

Segundo informa a CE em comunicado, o SEEP estará disponível no prazo de três anos para todos os veículos rodoviários com mais de 3,5 toneladas ou autorizados a transportar mais de nove passageiros, incluindo o condutor. Para os restantes veículos, estará disponível dentro de cinco anos

Cidadãos e partidos discutem eleições na Internet

blog it, 27.09.09

O projecto Liberopinion destina-se a promover o debate político e democrático na Internet. O Liberopinion foi lançado por três portugueses, que convidam partidos e cidadãos a discutirem directamente as propostas governativas, para promover a democracia e a igualdade de oportunidades. MMS, MEP, PND, FEH e MPT são as forças políticas registadas no portal. Artur Sousa, um dos fundadores, disse à Lusa que os grandes partidos manifestaram interesse no projecto aquando do seu arranque, mas acabaram por não se registar devido à «aposta forte individual» na presença na Internet, através de páginas próprias e «também de uma forte presença nas redes sociais». O Liberopinion, inspirado no conceito de liberdade de opinião, está nas redes sociais Twitter e Facebook.

McDonlads nos EUA com estações de carregamento para carros elétricos

blog it, 06.07.09

A partir do próximo dia 14 de Julho, um McDonalds em Cary, Carolina do Norte, vai disponibilizar uma estação para carregamento de carros eléctricos. A notícia é avançada pelo site http://www.engadget.com.  A ideia será recarregar as baterias enquanto se almoça neste restaurante de fast food. Contudo, o interessado poderá almoçar bem mais devagar, pois serão necessárias pelo menos duas horas para recarregar a bateria do respectivo carro.

Indústria de telemóveis acorda produzir carregadores comuns

blog it, 29.06.09

A incompatibilidade dos carregadores dos telemóveis constitui um grande incómodo para os utilizadores e origina igualmente resíduos desnecessários. Por conseguinte, a Comissão Europeia (CE) informa que apelou à indústria no sentido de assumir um compromisso voluntário para resolver este problema, evitando-se assim a adopção de nova legislação. Na sequência desse pedido, os principais fabricantes aceitaram harmonizar os carregadores dentro da UE. Num memorando de acordo apresentado hoje à CE, a indústria compromete-se a garantir a compatibilidade dos carregadores através da utilização de um conector Micro USB. Além disso, serão adoptadas novas normas comunitárias para garantir a segurança de uma utilização prolongada dos carregadores e facilitar a aplicação do memorando. A primeira geração de novos telemóveis intercarregáveis deverá chegar ao mercado comunitário a partir de 2010.

eYouGuide dá conselhos sobre os “direitos digitais” dos consumidores

blog it, 05.05.09

A Comissão Europeia lançou hoje o eYouGuide, uma nova ferramenta onlineque dá conselhos práticos sobre os “direitos digitais” dos consumidores ao abrigo da legislação comunitária. Este guia incide em questões relativas aos consumidores, como os seus direitos face ao fornecedor de acesso em banda larga, as compras através da Internet, o carregamento de música e a protecção dos dados pessoais online nas redes de contactos sociais. Embora, na UE, 48,5 % dos agregados familiares disponham de ligação à Internet em banda larga, um novo inquérito Eurobarómetro mostra que a falta de confiança ainda leva muitos consumidores a não aderirem às transacções em linha. Na UE, apenas 12 % dos utilizadores da web se sentem seguros quando efectuam transacções online; 39 % têm grandes dúvidas sobre a segurança e 42 % não se arriscam a efectuar transacções financeiras em linha. 65 % dos utilizadores da Internet não sabem onde obter informações e conselhos sobre compras transfronteiras na UE.

Segundo a CE, O eYouGuide explica os direitos concretos dos consumidores europeus que navegam na Internet ou fazem compras online, consagrados nas regras comunitárias relativas à protecção dos consumidores estabelecidas ao longo de 25 anos.

 

Os consumidores europeus têm, também quando navegam online, direito a:

- receber informações claras sobre preços e condições antes de efectuarem uma compra;

- decidir se e como serão tratados os seus dados pessoais;

- que o envio seja feito no prazo de 30 dias após a compra;

- um período de reflexão de, no mínimo, sete dias úteis após a compra, durante o qual podem mudar de opinião;

- uma garantia de, no mínimo, dois anos para os produtos comprados;

- protecção contra fornecedores desonestos e contra condições contratuais e práticas comerciais abusivas.

Portal quer revolucionar voluntariado em Portugal

blog it, 20.04.09

O portal INPAKT.COM  promete revolucionar o voluntariado comunitário em Portugal. O INPAKT funciona como um Facebook/hi5 para voluntários e instituições de responsabilidade social e solidariedade. Hoje já conta com cerca de 700 voluntários e 10 instituições inscritas: Terra dos Sonhos, Centro Social de Palmela, Ajuda de Mãe, A Juanita, Banco da Esperança, Raríssimas, Associação Lavoisier, Centro Social do Bairro 6 de Maio, Santa Casa da Misericórdia de Aveiro e WACT - We Are Changing Together. A partir de agora as instituições podem anunciar no INPAKT as acções de voluntariado que vão desenvolver, possibilitando aos membros do portal se inscreverem e participarem. Com um sistema georreferenciado em cartografia digital, os membros podem saber quais os eventos de voluntariado disponíveis na sua zona. Cada membro ou instituição tem um perfil que permite personalizar com as suas informações, criar uma rede de amigos e convidar pessoas para se registarem no INPAKT. No caso das instituições o perfil é mais elaborado permitindo também colocar notícias, fotografias de eventos, angariar novos mecenas, entre outros. O portal INPAKT já está disponível em 4 línguas (Português, Inglês, Espanhol e Italiano) para que membros estrangeiros possam participar nesta comunidade online.

Portugueses preferem namorar por instant messassing

blog it, 12.02.09

Mais de metade dos portugueses (65%) prefere namorar online através de programas de mensagens instantâneas do que presencialmente. Esta é a conclusão de um estudo recente realizado pela divisão Windows Live da Microsoft em 16 mercados da Europa, Médio Oriente e África, incluindo Portugal, sobre as experiências e os comportamentos de mais de 78.000 pessoas, realçando algumas das técnicas para encontros amorosos e “namoricos” no século XXI. Tendo em conta o crescente papel das redes sociais de comunicação, a Internet é agora, de acordo com este inquérito, a segunda forma mais popular de conhecer novas pessoas, com um quarto (26%) dos portugueses a concordarem que é uma excelente forma de conhecer potenciais interessados num novo amor. A Internet é ultrapassada apenas pela possibilidade de conhecer pessoas novas ‘através dos amigos’ (59%), que continua a ser a opção universal favorita. No total, aproximadamente 67 milhões de pessoas (33%) na Europa, Médio Oriente e África, encontraram o amor online, com 5 milhões de relações (7%) a originarem um casamento estável e 19 milhões (28%), relações românticas de longa duração[4]. Mais de um terço (37%) dos ciber-casais tiveram histórias de amor de curta duração mas continuaram bons amigos. Apenas 2% das relações baseadas na Internet resultaram em divórcio. Mais de metade (55%) dos Europeus e 48% das pessoas que vivem em Portugal utilizaram o Windows Live Messenger para ‘flirtar’ com alguém. ‘Flirtar’ através de um serviço de mensagens instantâneas é uma ocupação particularmente popular nos países do norte da Europa, como a Noruega (84%), a Holanda (82%) e a Suécia (71%). Por outro lado, a Arábia Saudita (35%), a Bélgica (36%), a Espanha (39%) e a Itália (42%) são os países menos ‘namoradeiros virtuais’. Cerca de 65% dos inquiridos em Portugal afirmaram que preferem ‘galantear’ nos serviços de mensagens instantâneas porque é um método menos intimidativo do que fazê-lo cara-a-cara, enquanto que 23% dos portugueses preferem criar respostas românticas online porque este método lhes proporciona tempo para serem criativos. A maioria das pessoas de toda a Europa (66%) admite que considera mais fácil ‘flirtar’ através dos serviços de mensagens instantâneas do que cara-a-cara, sendo os sul africanos quem mais prefere este método para namoriscar (78%), seguidos de perto pela Arábia Saudita (77%), Turquia (76%) e Irlanda (72%). Dizer ‘Amo-te’ pela primeira vez nunca é fácil, por isso não surpreende que 1 em cada 3 pessoas tenha declarado o seu amor por alguém através de um serviço de mensagens instantâneas, como alternativa a fazê-lo presencialmente. Holanda (61%), Dinamarca (42%), Portugal (41%) e Espanha (40%) lideram a lista dos que mais dizem ‘Amo-te’ no ciberespaço.

CE lança biblioteca digital europeia EUROPEANA

blog it, 20.11.08

É hoje lançada oficialmente a EUROPEANA,  a biblioteca, museu e arquivo digitais da União Europeia. Aqui estão disponíveis livros, filmes, pinturas, mapas, manuscritos jornais, sons e outros arquivos das melhores colecções de obras europeias, num total de cerca de dois milhões de objectos digitais. A EUROPEANA aglomera obras que já estão digitalizadas em bibliotecas, museus, colecções e outros arquivos em formato digital nos vários países europeus. Este projecto visa ter conteúdo representativo de todas as heranças culturais da Europa. O interface será multilingue, apesar de inicialmente estar só disponível em inglês, francês e alemão. O objectivo é disponibilizar cerca de seis milhões de objectos digitais até 2010. Saiba mais em http://dev.europeana.eu/

EURANET reúne rádios e conteúdos da Europa

blog it, 12.11.08

A rede de rádios europeias EURANET lança a sua nova plataforma multilingue e interactiva na Internet: «Comunidade na Net». A rede foi lançada por rádios europeias, incluindo a Deutsche Welle, Radio France Internationale, Radio Netherlands, Polskie Radio, Punto Radio e RTBF, com o objectivo de reduzir o fosso entre a União Europeia e os seus cidadãos. Desde Abril de 2008, 16 rádios e 8 rádios associadas de 15 países da UE fazem a co produção e difusão quotidiana de emissões sobre a actualidade europeia, em 10 línguas (alemão, inglês, búlgaro, francês, espanhol, grego, húngaro, polaco, português e romeno), às quais progressivamente se juntarão as restantes, até atingir as 23 línguas oficiais da UE. A rede EURANET tem uma audiência semanal de 19 milhões de ouvintes na União Europeia e 30 milhões em países terceiros. Continua aberta a todos os tipos de rádios (nacionais, regionais, locais, públicas ou privadas), desde que respondam às regras definidas pelo consórcio. «Pretende se com este portal em todas as línguas de difusão, em colaboração com os cidadãos e graças ao contributo de todos, alargar a interactividade dos programas e fomentar a diversidade de pontos de vista, debates e opiniões sobre os assuntos europeus. Os olhares cruzados dos parceiros do consórcio e dos seus ouvintes serão o complemento e o prolongamento dos programas animados e informativos sobre as questões relativas à Europa propostos pela rede», refere um comunicado da Comissão Europeia. A rede está acessível em http://www.euranet.eu